INE Teaser – Caso 1: Anneliese Michel

San Giorgio Piacentino, 1 de julho de 1976.

Isso Non Ecziste Podcast – Feed

In the year 1973 anno domini, there was a case of possession and eventual exorcism so extreme that it left an entire country at odds with the topic of religious fanaticism and/or demonic possession. Fresh off the heels of “The Exorcist” being released, a real-life case of diabolical possession occurred, in which afterwards, both the parents of the possessed and the priests who exorcised her were brought to trial – and found guilty. This is the story of a girl named Anneliese Michel.DIABOLICAL CONFUSIONS

Anneliese Michel nasceu em 1952, em Baviera, Alemanha. Por volta dos dezesseis anos, desencadeou-se em Anneliese uma torrente de sintomas que, ao menos na aparência, sugeriam problemas mentais até ter sido submetida a uma sessão de exorcismo pelos padres Ernest Alt e Arnold Renzem 1975 e 1976. Anneliese afirmava estar sob influência de uma legião de demônios. O caso ganhou filme, The Exorcism of Emily Rose, de 2005:

Uma vez convencidos de sua possessão, Anneliese, seus pais e os exorcistas pararam de procurar tratamento médico e colocaram seu destino nas mãos apenas dos ritos de exorcismo dos padres citados acima. Sessenta e sete sessões de exorcismo, uma ou duas por semanas, com duração de até quatro horas, foram realizadas durante cerca de 10 meses em 1975 e 1976.

Em 1 de julho de 1976, Anneliese morreu durante o sono. O relatório da autópsia indicou a causa da morte foi desnutrição e desidratação de quase um ano de semi-inanição, enquanto os rituais de exorcismo eram realizadas. Seus pais e os padres foram condenados por não prestar assistência médica a seis meses de liberdade condicional, mediante fiança.

Sugestões ou Críticas?

Nos envie e-mails para contato@trioent.com.br

Grupo de Ouvintes!

Telegram – Para acessar o grupo, use esse link: https://t.me/joinchat/AAAAAED4wrAv7dE9i38mXw

Discord – Para acessar o grupo, use esse link: https://discord.gg/Sc5kW7G